Como se planejar financeiramente em 2017

F&M: Finanças & Mulher – Como se organizar financeiramente para 2017

O final de ano está chegando, e com ele muitos questionamentos no que diz respeito a colocar a vida financeira em ordem.

Então aqui vão algumas dicas para você iniciar 2017 com o bolso direito.

1. Se programe para os gastos anuais

O final do ano é uma época de muitos gastos “extras” e que costumamos chamar de “imprevistos”. São aqueles itens que sempre culpamos por ter consumido toda a renda adicional recebida (13º salário, Bônus e PLR), apesar de no fundo saber desde sempre que essas despesas iriam acontecer: a viagem de férias, a festa de ano novo, os presentes de natal, a matrícula no colégio, material escolar, IPTU e seguro do veículo

Então programe-se. Relacione tudo que você conseguir se lembrar que virá a mais e que não é uma despesa que acontece todo mês. Coloque estimativas de valores, e compare com o que você deve receber extra.

Se for necessário, ajuste o valor das despesas, até que a conta feche. Afinal, não queremos começar o ano devendo, certo?

2. Antecipe e programe as compras

Faça uma lista de todas as pessoas que você costuma presentear, desde os seus familiares mais próximos até alguns colegas de trabalho, funcionários e até mesmo doações.

Estipule um valor para cada uma dessas lembranças, e programe suas compras de forma antecipada. Além dos preços normalmente sofrerem grandes alterações próximo a datas comemorativas, ficar longe das tentações e das ações publicitárias que todas as lojas fazem e ter um limite de valor em mente também ajuda bastante nesse controle.

3. Peça desconto

Em todos os casos que couber um desconto (matrícula do colégio, material escolar e presentes, por exemplo), não tenha vergonha de pedir. Todas as empresas preveem essa possibilidade, portanto não custa negociar.

4. Reveja todos os seus custos mensais, e corte o excesso

Todos nós, frequentemente, compramos produtos/serviços que não utilizamos. Normalmente são valores baixos e “inofensivos”: assinatura de revista, jornal ou aplicativos, um plano errado de celular, tarifas bancárias, seguros de vida/títulos de capitalização/taxas que você nem sabe como foram parar na sua conta. Na correria do dia a dia, nunca sobra tempo para sentar e analisar o que de fato nos é útil e cancelar o que não é mais.

Aproveitando a fase de renovação que a virada de ano nos proporciona, faço então um convite a todos os leitores: pense em todas as contas automáticas que você paga sem questionar, e multiplique esse valor por 12 meses. Veja o quanto tem perdido por ano ou o que você poderia fazer ou comprar com este dinheiro, e provavelmente você terá uma grande motivação para enfrentar as atendentes de telemarketing ou o seu gerente para cancelar qualquer que seja o serviço ou produto que você não utiliza mais.

Olhando o valor anual de todos esses gastos, será muito mais fácil cortá-los sem sofrimento.

– Dicas:

a) procure por contas bancárias sem tarifas, as chamadas “contas digitais”. Com elas, você tem direito de fazer qualquer tipo de movimentação ou utilizar serviço sem pagar nada por isso. A única exigência é que você utilize os meios digitais (caixa eletrônico e internet banking), ou seja, não haverá o intermédio do gerente e você também não terá direito a cheques.

b) caso você não utilize milhas, procure também cartões de crédito sem anuidade. O mais famoso deles é o Nubank (Mastercard), mas outras opções como o Digio (Visa) também têm aparecido no mercado.

5. Faça o seu orçamento para o próximo ano

Depois de todos os excessos eliminados, pense em todas as alterações que acontecerão no seu orçamento: tudo que já é certo de acontecer, e tudo que você gostaria de incluir. Você planeja continuar na mesma academia? Vai começar aquela pós graduação que sempre quis? O seu filho vai entrar na escolinha, e a babá será dispensada? Pretende iniciar o inglês? Coloque tudo isso na ponta do lápis e veja, antecipadamente, se será necessário fazer algum ajuste.

 

emanuella-xavier-foto
Emanuella Xavier, CFP® (Certified Financial Planner) é sócia da WG Finanças Pessoais

 

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *